Vivemos a era da tecnologia. Quase tudo que fazemos depende de forma parcial ou integral dos recursos tecnológicos. Seja na vida pessoal ou no trabalho, elementos da tecnologia nos ajudam a realizar as atividades com muito mais agilidade e praticidade. Através da nuvem, por exemplo, não estamos mais presos ao local de trabalho, já que ela permite o acesso dos dados e informações independentemente de onde você esteja. Isso contribui para termos escalabilidade e liberdade, duas coisas muito positivas.

Porém, como nem tudo são flores, há também o lado negativo. Criminosos virtuais existem e atacam a todo instante. Os chamados ciberataques acontecem sempre que há brechas na segurança, seja por um descuido de um clique em um site infectado com vírus ou por usar aplicativos desatualizados.

É fato que a segurança da informação é essencial e precisamos saber o que fazer para deixá-la ainda mais forte. E quando falamos da nuvem, isso é ainda mais importante, pois é através dela que ocorre todo o “trânsito” dos dados que anteriormente eram armazenados nos gigantescos servidores.

Como reforçar a segurança na nuvem? É sobre isso que vamos falar nesse post. Confira!

Qual a importância disso?

O conceito de computação em nuvem tem crescido e se consolidado nos últimos anos. Muitas empresas já a adotam como sistema principal. Isso porque, além da praticidade, é complicado ficar dependente da presença no local de trabalho em tempos onde a informação é valiosa e cada segundo ela pode ser modificada.

Em busca de soluções cada vez mais versáteis e ágeis, a computação em nuvem age para permitir não apenas o armazenamento de informações, como também o seu acesso em diferentes locais e dispositivos.

E por que é preciso se preocupar com a segurança na nuvem? Essa pergunta tem uma resposta muito simples. Por mais que a nuvem seja segura, ainda assim há possibilidade de invasões aos servidores das plataformas de Cloud Computing. E uma invasão que chegue até informações de todos os tipos, das mais comuns até aquelas confidenciais, pode colocar todo o trabalho de uma empresa a perder.

A computação em nuvem é importante também pois permite economizar dinheiro e espaço físico, já que não são mais necessários aquelas máquinas de servidores, o que também diminui gastos com infraestrutura. Esse dinheiro pode ser realocado para o setor de TI, melhorando os componentes, comprando programas mais atualizados e buscando reforçar a segurança.

Reforçar a segurança na nuvem é muito importante pois a tecnologia avança para o bem e para o mal. Ou seja, se uma nova atualização de segurança surge, pode ter certeza que os hackers também vão evoluir ao ponto de buscar as mínimas brechas que podem existir ali. E, como já falamos anteriormente, uma invasão hackers aos servidores da nuvem pode custar muito caro. Não apenas em questões financeiras, mas também para a reputação da empresa.

Dicas de segurança na nuvem

Mesmo com todo conhecimento que as pessoas tem sobre invasões de hackers, ataques cibernéticos e outros perigos na internet, ainda assim não é incomum vermos falhas que comprometem a segurança dos dados e informações pessoais e de trabalho. Reforçar a segurança na computação em nuvem não serve apenas para evitar que crimes virtuais aconteçam, mas também para preservar o bom uso da nuvem e para que ela não acabe se tornando um problema.

Listamos a seguir algumas dicas de como reforçar a segurança das informações armazenadas na nuvem e explicamos como a adoção de determinadas medidas pode ser fundamental para que uma empresa não fique exposta a hackers. Confira!

  • Mantenha tudo sempre atualizado

Uma das dicas de segurança mais importantes para o bom uso da computação na nuvem é a atualização dos sistemas. Nunca use programas em versões anteriores. Antivírus, por exemplo, recebem constantes atualizações que aumentam o seu potencial de proteção. Uma versão desatualizada não irá conseguir conter o ataque de um vírus, já que os malwares conseguem também se atualizar e se adaptar às medidas de segurança. Usar firewalls, hardwares e softwares novos é a melhor medida preventiva contra ciberataques.

  • Estabeleça políticas de segurança

Para uma empresa que faz uso da nuvem para armazenar suas informações, é preciso que todos os funcionários que tenham acesso à nuvem saibam com o que estão lidando. Por exemplo, não pode acontecer de um funcionário usar os computadores da empresa para fazer download de arquivos em sites não confiáveis. É aqui que entra a importância de adotar e reforçar uma política de segurança. Isso quer dizer, estabelecer regras de como deve ser feito o uso das máquinas e da nuvem. Crie regulamentos, estabeleça mudanças de senha a cada 3 meses, adote codificações, entre outras medidas. Pode parecer estranho para algumas pessoas, mas ajuda bastante a diminuir as vulnerabilidades.

  • Controle os acessos e estabeleça hierarquias

Nem todas as pessoas que tem usam o sistema precisam ter acesso a todos os dados armazenados na nuvem. É preciso criar uma hierarquia. Cada um pode acessar e modificar apenas aquilo que lhe compete. Isso evita o uso errado da nuvem, além de diminuir os riscos de falhas humanas que proporcionem o ambiente perfeito para um ataque de hackers. O acesso personalizado vai dizer quem pode acessar, alterar, fazer o download e até mesmo transferir cada um dos dados armazenados na nuvem.

  • Não se esqueça do backup

Não há problema em confiar na nuvem, mas nunca deixe de ter um plano b. Por mais que você tenha adotado todas as medidas de reforço de segurança que listamos acima, pode acontecer algum problema que comprometa os dados (exclusões, quedas de energia, falta de internet são alguns exemplos). Nesse sentido, o backup é essencial. Ele pode ser feito tanto com aparelhos como HD externo e pen-drive, como também na própria nuvem.

A nuvem possui muitos benefícios e quando sabemos aproveitar ao máximo os seus recursos, a tendência é termos um uso ainda melhor da computação em nuvem.

Como tem sido a sua relação com a segurança na nuvem? Essas dicas foram úteis para você e sua empresa? Não se esqueça de curtir, comentar e compartilhar esse post nas redes sociais!

A TI é uma parte essencial para os negócios, portanto, o valor que um MSP oferece está vinculado diretamente ao sucesso da sua empresa. É por isso que é tão importante que você confie no seu MSP e no valor que ele oferece. Nós da Dias Security temos o compromisso de ajudar as PMEs construir, a cada dia, uma consciência clara e madura sobre a importância da segurança das informações, cloud e serviços gerenciados para o presente e futuro do seu negócio.

Pensando nisso, preparamos outros assuntos que interligam e ajudam a você na construção dessa jornada, veja mais posts na barra lateral. =====>